Orientação Ocupacional Seniores

Estima-se que, em 2025, o Brasil ocupará a sexta posição no ranking de envelhecimento populacional, com 31 milhões de pessoas com 60 anos ou mais. Tal fato tem implicações relevantes para as novas formas de organização social, e tornam inevitáveis algumas questões:

  • O que fazer com o tempo “a mais” de vida?
  • Uma vez aposentado, deve-se continuar com o mesmo ritmo de trabalho ou o ócio é o melhor encaminhamento?
  • Seria a aposentadoria o momento de realizar os planos não concretizados, como uma nova carreira?
  • Como poderia reorganizar o tempo livre?
  • Haveria um modo de se preparar para essa mudança?

Temas a serem trabalhados

  • A relação identidade pessoal – identidade ocupacional.
  • A organização do tempo pelo tempo de trabalho e as implicações no uso do tempo livre.
  • O sentimento de pertencimento a um grupo fora do contexto profissional.
  • A questão financeira após a aposentadoria.
  • A qualidade de vida.
  • A reinserção na família e a relação com os amigos.
  • Dúvidas quanto às leis e cálculo dos benefícios e a qualificação para uma eventual reinserção no mercado.

Orientação ocupacional para seniores. A reinserção na família e a relação com os amigos!